ADENOIDE

O QUE É ADENOIDE (CARNE ESPONJOSA)?

Antes de mais nada é importante pontuar que carne esponjosa é um termo que pode ser utilizado para se referir a mais de uma estrutura, sendo as mais frequentes a adenoide, pólipos nasais, cornetos nasais e as amígdalas.

As adenoides são glândulas localizadas na parte de trás do nariz e acima do céu da boca – uma região chamada de nasofaringe. Sua função primordial é a produção de anticorpos para atuar na defesa contra microorganismos, bactérias e vírus que invadem diariamente o nariz e a boca. Sua formação se inicia ainda na vida fetal, começam a aumentar de tamanho aos dois anos de idade, com pico aos 4 anos, e por volta dos 8 a 10 anos tendem a regredir até que sejam eliminadas pelo organismo devido à perda de função de defesa para o indivíduo.

SINTOMAS

O aumento de tamanho das adenoides causa:

• Dificuldade para respirar pelo nariz

• A criança começa respirar pela boca

• Dentes tortos

• Secreção nasal exagerada

• Tosse

• Dificuldade em iniciar o sono

• Sono agitado

• Ronco

Ainda, como consequência, aumentam-se as chances de problemas e infecções de ouvido, podendo até haver uma diminuição da audição. A alimentação também pode ser prejudicada, o que interfere no peso e até no crescimento da criança.

DIAGNÓSTICO

É necessário a avaliação com um médico especialista em OTORRINOLARINGOLOGIA.

Além do exame físico realizado pelo médico, é necessário um exame para avaliar o tamanho da adenoide e das outras estruturas do nariz, a nasofibrolaringoscopia. O Rx também pode ser realizado, mas é um método inferior.

TRATAMENTO

O tratamento com medicações apresenta pouca melhora no tamanho da adenoide, então geralmente indica-se a cirurgia de retirada de adenoide, a adenoidectomia.

CIRURGIA DE ADENOIDE

A remoção da glândula adenoide chama-se ADENOIDECTOMIA. O principal objetivo desta cirurgia é restabelecer uma adequada respiração nasal, normalmente prejudicada em pacientes com aumento do tamanho da adenoide.

A cirurgia de adenoide é indicada quando o aumento da adenoide provoca:

• Entupimento frequente do nariz;

• Infecções recorrentes na garganta, no nariz ou nos ouvidos (otites e sinusites);

• Acúmulo de catarro no ouvido, com prejuízos para a audição;

• Dificuldade respiratória, levando à respiração pela boca, o que gera desconforto na garganta, dores de cabeça, pela oxigenação inadequada, e roncos à noite;

• Sono não reparador, fragmentado pelos roncos e pelos despertares noturnos, que prejudica a atenção e o humor durante o dia.

A cirurgia é realizada sob anestesia geral somente em hospitais com estrutura adequada. O paciente dorme e não sente nenhuma dor durante o procedimento. Na maioria dos casos recebe alta no mesmo dia ou no outro dia após a cirurgia.

Nos primeiros dias de pós-operatório, a alimentação deve ser pastosa, líquida e gelada para ajudar no alívio da dor. O paciente pode sentir dor na garganta, nos ouvidos e na cabeça nos 3 primeiros dias após a cirurgia, porém necessita de poucos dias para sua completa recuperação.

Quando uma criança muito nova é submetida à cirurgia de adenoide, os sintomas podem voltar a aparecer, pois a adenoide pode voltar a crescer. Porém, esses casos são raros.